12 de jul de 2012

1º Adolescência do Bebê. Hein??


Saudades, saudades, muita saudades!!!
Como vocês estão Donas Mocinhas? 
Por aqui loucura total, Emily crescendo (e muitoo), entendendo tudo e mais um pouco do que falamos e uma verdadeira "papagaia" repete tudooo que ela escuta e como ela mesma diz: “ah jesusi” #meacaboderir

É ai que o bicho pega, pois agora mais do que nunca a mamãe aqui terá de dar aquela maquiada quando não conseguir segurar aquele velho palavrão na boca #desafiodomomento.


Mas adivinhem quem está vivendo literalmente a 

Adolescência do Bebê??

Devem estar pensando: “Pronto, o que a Taly está inventando agora?”..kkkkkk.

Mas é verdade, minha bombonzinha é uma fofa, me acorda todos os dias com beijos estalados, me faz carinho, nos divertimos um montão (apesar de eu ainda não ser boa na criatividade, rs). Mas de repente ela resolveu se tornar "do contra"...

  • Pede as coisas chorando e repete, repete e nem adianta tentar explicar "a mamãe já vai pegar", que ela chora junto.

  • Pede ou já vai choramingando "anãna, anãna = banana", ai paro tudooo (quem não gosta de parar tudo que está fazendo né?rs) e lá vou eu, descascar a banana, picar e dou a ela. E ela? Diz "N-Ã-O". Não? Como não? Não e não e ainda sai chorando, como se eu tivesse enfiando "guela" abaixo..kkkk

  • Se ela mesma não pegar a comida do prato com a colher dela, pronto, ela não quer comer mais. E nem adianta eu colocar um tanto de comida na colher e deixar ela levar na boca que assim ela também não quer, tem que ser ela fazer tudo. #aaaaah ta.

 Como podem ver, a Adolescência do Bebê não é nem de perto chique, nem catastrófico, mas é perto disso, hahahaha. Mas depois de entender melhor isso tudo, já uso os espetáculos da Emily ao meu favor.

Por exemplo: Enquanto ela está se matando pra conseguir pegar comida com a colherzinha dela, eu com outra colher vou dando comida a ela. E ela tão concentrada nem percebe que está comendo tudo, kkkkk #comosoubandida

E como já falei aqui em casa rola sim o castigo e funciona super bem, recomendo!!!

Encontrei um texto bem legal no http://bebe.abril.com.br que explica de forma simples e com certeza vai ser a resposta de algumas dúvidas e até descobertas para muitas mamães...

Adolescência do Bebê = Crise dos 2 anos


O seu bebê era um verdadeiro anjinho, mas está chegando perto dos 2 anos e parece estar encapetado? Acredite: você não é a única que passa por isso
O fenômeno é comum e tem até nome: adolescência do bebê. É quando a criança se dá conta de que é um indivíduo e luta para conquistar o seu espaço – gritando, batendo nos outros ou se jogando no chão. 

1. O que é a chamada “adolescência do bebê”?

A adolescência do bebê, primeira adolescência [mais essa amigas mamães de 1º viagem..rsrsrs] é a fase em que a criança passa a se comportar de modo opositivo às solicitações dos pais. De repente, a criança que outrora era tida como obediente e tranquila passa a berrar e espernear diante de qualquer contrariedade. Bate, debate-se, atira o que estiver à mão e choraminga cada vez que solicita algo [a Emily está exatamente assim, pede tudo choramingando...aaah]. Diz não para tudo, resiste em seguir qualquer orientação, a aceitar com tranquilidade as decisões dos pais, para trocar uma roupa, sair de um local ou guardar um brinquedo. Para completar, não atende aos pedidos e parece ser sempre do contra. [acho que ficaram observando a Emily para fazerem essa definição, kkkk]

2. Esse comportamento é comum em qual idade?

Normalmente, acontece a partir de 1 ano e meio até os 3 anos de idade. [a Mimi quis aproveitar cada segundo de sua fase e começou exatamente com 1 ano e 6 meses, falta muito para acabar??rsrs]. Não é uma regra. Algumas crianças demonstram essas características mais intensamente do que outras.

3. Existe alguma causa?

A causa para esse período é simplesmente o próprio desenvolvimento natural da criança. A fase dos 2 anos de idade é um período de grandes mudanças para ela. Até então, o pequeno seguia os modelos e as decisões dos pais. Gradualmente, ele passa a se perceber como indivíduo, com desejos e opiniões próprias, e isso gera uma enorme necessidade de tomar decisões e fazer escolhas por si. Sem dúvida, isso acaba gerando uma grande resistência em seguir os pedidos dos pais. Não é exatamente uma ação consciente da criança, mas uma tentativa de atender a esse desejo interior, a essa descoberta de si como um ser independente dos pais. No entanto, ao mesmo tempo em que ela quer tomar suas decisões, ainda tem muitas dificuldades para fazê-lo, dado que ainda não tem maturidade suficiente. Ela discorda até dela mesma! Se você pergunta o que ela quer comer, naturalmente ela responderá: “Macarrão”. Mas, quando você chega com o prato de comida, ela diz: “Eu não quero isso!”[exatamente].Suponha que você está com pressa para ir a algum lugar. Seu filho está de ótimo humor até você dizer: “Preciso que você entre no carro agora”. Ele fará tudo, menos atender à sua solicitação. É uma fase difícil para os pais e também para as crianças. É uma experiência intensa emocionalmente e repleta de conflitos, pois, ao mesmo tempo em que a criança busca essa identidade, ela não quer desagradar seus pais – por mais que isso não pareça possível.

Outras perguntas como...
- Como agir quando a criança se joga no chão e grita em um lugar público, como o supermercado e o shopping?
  
- O que fazer quando o pequeno bate nas pessoas quando é contrariado?

- E quando a criança bate com a cabeça na parede ou faz coisas para se machucar porque ouviu um “não”?

Estão nesse link: A terrível crise dos 2 anos


Ah, antes de irmos para outro assunto, quero compartilhar o vídeo da minha dançarina de Kuduro..rsrs.

 E a Dona Mocinha como anda??
Na verdade ela está abusadinha que só, dessa vez foi um evento corporativo...
Fizemos a: Personalização e toda a Decoração da Mesa da Festa Junina 2012 da Empresa Engebrás. O resultado foi muitoo bom!!!

    








       
De verdade? Foi uma delícia matar a saudade, o próximo post será sobre a saúde de nossos pequetuchos e depois voltamos com os hormônios deles...rs, qual é o ponto que ultrapassa de cuidado para super proteção?

E gostaria de compartilhar a data importante de hoje que eu e o preto completamos 4 anos de casados e 6 anos juntos e misturados..rs. (mas vale um post também..rs)

Um beijo grandeeeee Mocinhas e Mocinhos!!!



Comentários
0 Comentários

0 Comentários:

Postar um comentário

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.