1 de jun de 2011

Temperamento Infantil

Continuando o assunto do post anterior... tal foi meu estranhamento com o estranhamento da Emily de lugares e pessoas..rs..que a pesquisa sobre o assunto se prolongou..rs

Temperamento Infantil

É difícil saber exatamente o que é o comportamento infantil “normal”, ou temperamento “anormal”. Igualmente aos adultos, existe uma grande variedade do que se considera conduta “normal” nos bebês. Os bebês têm necessidades, demandas e comportamentos que podem ser muito diferentes uns dos outros.
 

Devido a existência de tanta variedade no comportamento infantil, muitos pais necessitam acalmar-se e saber que o comportamento do seu bebê é considerado *normal”.

Existem três amplas categorias de temperamento infantil que são usadas como guias para determinar o comportamento infantil “normal”. Os bebês que estão em quaisquer destas categorias são considerados “normais”. Com efeito, alguns bebês mostram características de mais de uma categoria. Isto também é perfeitamente normal.

Recorde que as categorias seguintes são nada mais que uma base. Nem todos os bebês cabem perfeitamente em uma ou outra categoria. Os pais não devem se preocupar que suas crianças demonstrem características de uma ou mais categorias. Os bebês são indivíduos únicos, e estas variações são normais também. As três categorias de temperamento infantil são: agradável, reservado e difícil.

Temperamento Agradável
A maioria dos bebês é de temperamento agradável, e estão regularmente de bom humor. Adaptam-se facilmente e rapidamente a situações novas e a mudanças de rotina. Os bebês nesta categoria têm um horário regular para comer. Quando sentem fome, ou algo os incomoda, reagem em geral de forma amena. Quando estão inquietos, geralmente encontram formas de acalmar-se e consolar-se sozinhos. Este bebês têm geralmente um bom caráter.

Conselhos para pais de bebês com temperamento agradável
O trato com os bebês de bom caráter é geralmente fácil. É também uma experiência muito gratificante. Alguns bebês exigem tão pouco, que os pais pensam que seu bebê não precisam deles. 
Por esta razão, alguns pais passam menos tempo estimulando seus bebês e comunicando-se com eles. Os pais que têm bebês de temperamento fácil, devem ter em mente que seus bebês necessitam muito tempo e atenção, ainda quando não sejam muito exigentes.
Temperamento Reservado
Os bebês de temperamento reservado, são geralmente tímidos. Esses bebês requerem mais tempo que outros bebês para adaptar-se à gente estranha e a novas experiências. Os bebês reservados podem inclusive rejeitar ou afastar-se de algo ou alguém novo. Eles levam a vida com precaução. Em lugar de serem fisicamente ativos, os bebês reservados são mais propícios a observar cuidadosamente o que acontece ao seu redor. Os bebês com esse caráter podem agitar-se com mais frequência. Quando isso acontece, eles retrocedem contornando o olhar ou afastando-se. Os bebês reservados também reagem lentamente e com quietude à fome e outros incômodos. 
Isso faz com que os pais tenham dificuldade de saber quando seus bebês têm fome ou quando estão incomodados.
Conselhos para pais de bebês reservados
Os pais de bebês reservados devem ter muita paciência. Esses pais devem tratar de expor seus bebês a novas situações, com mais frequência, mas devem fazê-lo devagar e com calma. Os bebês reservados se adaptam gradualmente às novas situações, mas devem dar-lhes o tempo que necessitem, sem pressões. Os pais devem dar atenção às indicações de agitação dos seus bebês e devem saber quando afastá-los de tais situações quando elas ocorrem.
Temperamento Difícil
Os bebês de temperamento difícil estão quase sempre ocupados em atividades físicas. Os bebês com este tipo de caráter são às vezes muito inquietos, e se distraem facilmente. Os bebês difíceis respondem vigorosamente à fome e a outros incômodos. Seu choro é frequentemente forte e intenso. Às vezes, esses bebês são difíceis de serem consolados quando estão inquietos. Também têm dificuldade de consolar-se a si mesmos. Esses bebês são geralmente de sono leve, e requerem demasiada atenção dos seus pais.


Conselhos para pais de bebês difíceis
Os pais de bebês difíceis, sentem-se com frequência culpados, e acreditam errôneamente que são responsáveis pelo temperamento do seu bebê. Estes sentimentos de culpa podem com frequência causar sentimentos de incompetência e ansiedade. Os pais de bebês que têm temperamento difícil não devem se sentir culpados pelo temperamento dos seus bebês. Em lugar disso, devem se concentrar em proteger seus filhos de situações e eventos que são desagradáveis. A perseverança é muito importante, assim que devem estabelecer e aderir a uma rotina diária. Os pais desses bebês devem tratar de manter a calma e ter muita paciência, e não devem exigir muito dos seus filhos. Esses pais devem saber também que seus bebês não vão ter sempre este tipo de temperamento. Conforme os bebês se aproximam de um ano de idade, as características do temperamento difícil terão diminuído ou desaparecido.
Conclusões
Os pais devem observar seus bebês cuidadosamente para determinar que tipo de temperamento têm. Devem notar os hábitos de comer e dormir, como reagem a situações novas, e sua disposição. Os pais podem dar-se conta que seus bebês podem demonstrar características de uma ou mais categorias. Mesmo quando o temperamento dos seus bebês não possa ser definido facilmente, os pais devem ter em mente que seus bebês são indivíduos. Existe uma grande variedade do que se considera comportamento infantil normal. Os pais não deveriam surpreender-se ou ficarem desiludidos com o temperamento do seu bebê. Em lugar disso, os pais devem aceitar seus filhos tal como são, e aprender com seus gostos e desgostos. Isso ajudará aos pais a desenvolver a melhor relação possível com seus filhos.


Eu ainda estou na dúvida, qual é o temperamento que se 
adequa a minha princesa de chocolate e do seu filhote, qual se adequa?
Eu e minha bonequinha pretinha que adooro
1º vez que fiquei sentada sem cair depois de 5 seg
    
 
Obs: E nosso Encontro de Comadres está chegaando...é nesse sábado, dia 04/06, que ansiedade, terá lembrancinhas e até um sorteio para as mamães , aonde será? preencha o formulário e venha também...

Fonte: br.guiainfantil.com

16 comentários:

  1. Ai.....o do papai da Julia é difícil, o meu ta mais para o agradavel.....tomara que ela puxe mais a mamão que o papai !!!! rssss

    bjusss

    ResponderExcluir
  2. Com certeza o Gu é reservado. Antes eu achava que ele era extremamente bonzinho, mas aí as pessoas me alertaram que não era bem assim..rs.. Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Ah! Ela esta linda e fofa d+!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Taly querida a Emily está muuuito fofa, linda de viver.

    Olha, quero muito que meu baby tenha o temperamento do pai, na verdade nós dois somos muito parecido, mas meu maridin é mais controlado, fazer o quê mulheresss rs...

    Beijo Grande

    ResponderExcluir
  5. A Maria Clara é extremamente difícil. Ela é muito inquieta, chora muito e muito alto. A minha vizinha já veio até me perguntar se "estava tudo bem"!! Pense ¬¬
    Ela parece que só se acalma comigo, não adianta ninguém mais! É gratificante, mas as vezes cansa bastante.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. oi Taly, adorei esse post, com certeza o Pedro é um bebe de temperamento difícil, não todos os dias, as vezes ele é um anjo e parece outro bebe, mais no geral me da um trabalhão daqueles, ja cheguei a chorar de desespero tentando acalma-lo e nada hoje já estamos intimos e ja consigo entender o que ele que e o que faz ele se acalmar!!

    ResponderExcluir
  7. Meu filho sempre foi agitado, chorão, aos poucos isso foi passando, ele se tornou uma criança, comunicativa, alegre, inteligente , carismática e sempre ele esta em mudança, agora com 17 anos, ele é amoroso, amigo, em determinados assuntos bravo rsrsrs é muito legal ,vcs vão ter a oportunidade de sentir cada fase ,mas creiam tudo vale a pena.

    Taly a Emily ta muito linda!!! beijos.

    ResponderExcluir
  8. Acho linda essa foto dela com a bonequinha... Pelo li aí, até agora com 4 meses a Lara tem sido um bebê de temperamento agradável... mas eles mudam e passam por fases o tempo todo né? Nem quero me empolgar ainda! hahahaha, beeeeeijos!

    ResponderExcluir
  9. Definitivamente meu Elias tem o temperamento difícil, nunca tive dúvida desde a primeira vez que ouvi ele "chorando", que mais parecia um grito forte. E já perdi a conta da vezes que me senti culpada por algo que não estava sob meu controle para que ele ficasse bem...mas nada melhor do que o tempo para te encher de segurança e encarar qualquer situação difícil de cabeça fria e paciência!! :-)

    Emily está uma fofa!! E essa fotinha com a boneca, que linda!!!

    ResponderExcluir
  10. Que fofuxa.

    Meu filho mais velho era chorãoooooo, Jesus não ficava com ninguém, leia-se ninguém, agora com 4 anos é um encanto, carismatico, carinhoso, mas no inicio eu sofri.

    Minha segunda tb não ia com ninguem e até hj aos 2 anos e meio não se entrega facilmente não, ela é ressabiada, demora para se enturmar.

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Oi querida, a Emily está cada dia mais fofa! Achei muito interessante o post! Fiquei pensando qual temperamento terá meu baby, se for igual ao pai será bem calminho e tímido e se for igual a mim será agitado e já vai pegando amizade fácil, hehe, vamos ver no que dá essa mistura! ahaha! Bjks!

    ResponderExcluir
  12. nossa como a emily ta linda,sentando sozinha danadinha..

    ResponderExcluir
  13. Vim agradecer a torcida e avisar que tem selinho pra vc lá no meu cantinho, pega lá! Bjo!

    ResponderExcluir
  14. Como ainda não sou mãe, agradeço pelas dicas rs.
    A Emily tá cada dia mais fofa!
    Participe dos sorteios dos meus blogs www.viviass.blogspot.com
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com
    bjks e ótima semana

    ResponderExcluir
  15. Minha Alice tem temperamento agradável, mas exigente tb, não dá pra deixar ela de lado não, ela gosta mesmo é de companhia e estimulo :)
    Adorei o post,
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Emily está muito lindinha nas fotos, bombomzinha mais gostosa,
    bjim na bochecha dela

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.