7 de jun de 2013

Guerra do Banho: Mãe, eu não estou fedida né??

É só falar em banho aqui em casa e a Emily mesmo a distância já grita:
- Eu não estou fedida né mãe?
- Está sim, vamos tomar um banho gostosinho, ficar cheirosa, hummm?


Depois disso nem dá pra narrar, pois é começa um chororo, um esperneio, sou eu falando que vou dar banho na filha Júlia dela pra ver se ela fica com ciúmes e mude de ideia, o Preto que diz que vai dar banho na outra filha Nice e querem saber? Nada adianta, pois se falarmos que vamos dar banho na Ana Clara, Nice, Júlia, Filisbina ela nem liga e pior, continua com o chororo fielmente, rs. Isso quando ela não amolece todo o corpo e se esparrama pelo chão.


#eitapaciência

E detalhe, estamos nessa batalha do banho há quase 1 mês já. E nós já:

- Tiramos todos os brinquedos do banho
- Devolvemos os brinquedos
- Já demos banho na Nice, Júlia, Maria Clara....
- Já tentamos fazer troca: vamos tomar banho para irmos à casa da vovó Marly, na casa da Tia Aline e da Rafa
- Castigo


Até banho ela já vendeu de um dia para o outro e chega o outro dia o que acontece? choro e “mãeee eu não quero banhooo”, “não tira a minha rooooupa”, #sórindo. E rindo só agora, pois na hora dá até dó, mas não dá pra ter uma cascãozinha em casa né?

Só me resta a pedir pra Fada do Banho me ajudar #oi, rsrs. Bom, em minha opinião é cedo demais pra eu estar nesse perrengue, então sei lá, então na minha pouca experiência, vai que existe uma fada, um mago ou sei lá uma receita mágica né?

Alguém tem alguma sugestão?rs. Pois depois de um dia de diversos afazeres, tudo que quero fugir é dessa batalha a favor do banho.

O que tem dado certo esses dias foi eu ter falado por cima a ela que iria comprar um quadro e várias estrelinhas, e que cada dia que ela tomasse banho sem choro ela ganharia uma estrela. E se ela juntasse 10 estrelinhas nós duas iríamos comprar um presente bem legal pra ela.

Mas gente, eu só falei, ainda não comprei as estrelas, nem o quadro e não é possível que só de falar isso tenha resolvido, ela nem entendeu direito eu acho, que ela começou perguntar cadê o presente? Quero estrela, uma bagunça. Mas será simples assim??

Ah não, né? Senão teria falado antes...

Bom de qualquer forma, bora comprar logo as tais estrelas e quadro, vai que foi isso, rs. E uma coisa que não é legal são promessas para as crianças né?

Mas é sério, estou aceitando sugestões de táticas para um banho de sucesso, rs.

O que os especialistas ou as mais experiências dizem e recomendam?


O início: A negação do banho tende a começar por volta dos quatro anos de idade, mas há crianças que resistem a uma boa ducha por volta dos dois aninhos de vida. [Ah, então está explicado, precisava ela iniciar bem aos 2 anos?rs]. Na primeira fase, as crianças estão em plena conquista da autonomia e acreditam que podem tomar conta de suas vidas, e nessa autonomia estão inclusas as decisões sobre dormir, comer e tomar banho.

Alguém que está passando por isso topa o desafio de testar uma ou algumas técnicas que serão citadas abaixo?

  Uma coisa eu sei, teremos de ser criativas(os):

- Escolha o horário mais adequado: Às vezes, muitas mães mandam o filho para o chuveiro bem na hora em que está passando na TV o desenho de que ele mais gosta. É querer encrenca na certa. O melhor é estipular um horário neutro ou o intervalo entre as programações. [no caso da Mimi hora nenhuma é hora do banho, pois incrivelmente ela não se interessa por desenhos, então tudo e qualquer coisa é motivo para que o banho não aconteça em hora nenhuma, rs]

- Dê o exemplo: Sempre que for possível, e se você se sentir bem em fazer isso, tome banho junto com a criança. Mostrando o prazer que sente em tomar uma bela ducha, você acaba influenciando positivamente seu filho. [desde pequena tomamos banho com ela, lembram que eu nunca soube dar banho em banheira nela (leia esse post), então não adianta por aqui também].

- Afaste os medos: Algumas crianças não gostam do banho por medo da água. Conversar com ela sobre isso, contando histórias engraçadas sobre o assunto pode ser um recurso interessante para fazê-la perder esse medo. Nunca force um banho, isso pode aumentar o medo da criança. Vá com calma e seja paciente. [boooa, acabei de me lembrar que ela já escorregou, será que isso pode ter causado algum medo? #boranalisar]

Banhos divertidos - Faça do banho a hora mais divertida do dia! 
-Convide os personagens preferidos – As crianças não gostam de parar com as brincadeiras para fazer outras coisas. Mas e se o banho também for uma grande diversão? Então, tomar banho para elas pode passar a ser uma boa ideia.  Monte um “kit banho” para deixar no banheiro, com brinquedos com os quais seu filho possa se distrair enquanto você dá banho. Os brinquedos mais indicados são os de plástico ou tecido atoalhado, que não estragam em contato com a água. Porém, se ele já estiver entretido em alguma brincadeira antes do banho, sugira que leve os bonecos para a água com ele.

-- Faça fantasias com espumas – Essa é uma das brincadeiras favoritas da criançada até os 5 anos, pois elas vivem no mundo da fantasia e adoram um “faz-de-conta” Aproveite para estimular a imaginação do seu filho enquanto ele toma banho! Ensaboe-o bem, de maneira que ele fique coberto de espuma. Então, faça desenhos que imitem alguma fantasia. Algumas ideias: – Super herói: desenhe a letra do nome dele no peito ou a imagem relacionada ao seu herói favorito.  - Bicho feroz: pode ser qualquer bicho, mas os que combinam com a espuma branca, como o urso polar.
 Criança velhinha: molde uma “barba” branca com a espuma e faça de conta que seu filho é um velhinho.


- Aproveite para aprender mais sobre as partes do corpo – A hora do banho é ideal para ensinar à criança o nome de cada parte do corpo e para o que elas servem. Enquanto ensaboa, você pode ir ensinando: “Esta é a sua mão. Ela é pequena agora, mas vai crescer e sempre lhe ajudar a pegar as coisas, desenhar, comer e muitas outras coisas”.

Cantar no chuveiro
O banho é um momento de relaxamento, por isso, muitos adultos têm o hábito de cantar no banho. Para as crianças, além de relaxante, esse hábito pode ser divertido. E você pode cantar com ele sua música preferida, enquanto ele se distrai com a letra, você aproveita e deixa-o limpinho. 






- Não perca [o resto de] paciência 

A criança pode chorar, espernear, sair correndo, fingir que não está ouvindo quando a mãe diz que é hora do banho e qualquer dessas atitudes podem tirar a mãe do sério, mas por mais difícil que pareça, evite perder a cabeça. Antes de tomar qualquer atitude enérgica, respire fundo e contorne a situação. [difíiiiicil, mas é isso ai, bora preparar os pulmões, rs]


Bom, dicas e desafios não faltam né? Bora arregaçar as mangas e testar..
Prometo que venho contar os resultados.
E vocês já estão passando por isso? Que idade? Algum segredinho? Alguma mágica?

Contem tudooo, rs.


Um comentário:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. sinceramente, fico c a sugestão das estrelas.
    rsrs

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.