30 de jan de 2013

Dai que eu descobri...

Descobri o "por quê" que depois do nascimento da Emily, eu tive dificuldade de escrever com uma certa frequência no blog...

Por não me sentir merecedora de vir aqui ensinar algo a vocês sobre a maternidade, uma vez que eu não me sentia tão mãe!!

Heeein??

Sim meninas, diferentes de 99% das mães, que...

... tem contato desde o 1º segundo com seus bebês
... 3 dias depois do nascimento vão para suas casas com a roupa escolhida com tanto carinho
... dão o 1º banho
... vivem aquele dilema de ficar a maior parte do tempo com os bebês do que os papais 

E por aqui foi tudo muito diferente, pois...

... eu vim para casa 2 meses depois do nascimento da Mimi
... quem deu o 1º banho foi o papai ainda no hospital e mamãe ficou assistindo
... Mimi me visitava no hospital
... quem ficou a maioria das noites com a pequena foi o papai, devido eu ter a saúde totalmente debilitada por muito tempo
... e por ai vai.

Eu acho por ter sido tudo tão diferente do que eu sonhei, imaginei, diferente do que a maioria das mamães viveram, me senti A alienígena, e que qualquer coisa que eu falasse não se adequaria a nenhuma de vocês.

E parei pra pensar o “seguuuuinte”, que não é bem por ai. Poxa!!! O blog além de compartilhar minhas experiências extraterrestres com todas vocês, tem o intuito também de a "Piluta" um dia ler e vivenciar tudo novamente, mas com outros olhos né?

Nosso “começo” não foi muito tradicional, a mãe dela nem umbigo tem (e ela já deu conta disso...kkkk), entre outras singularidades, rsrsrs. Mas que diferença faz? Nunca fomos tradicionais mesmo e essa é a sua família doidinha que a ama não é mesmo??

Então vamos parar de blá blá blá??
E bora tirar o atraso e contar tudinho o que tem acontecido? E vou falar uma coisa, não vou fazer cena e ficar escondendo nada de vocês não, para parecer convencional, família margarina. Aliás, muitas coisas acontecem entre céu e terra no mundo da maternidade e ninguém tem coragem de falar, para parecer tudo muito lindo!!! 

E neem sempre tudo é tãoo lindo como parece. Tenho certeza que minha leitoras vão gostar de saber a verdade.

E as covardes anônimas, preparem os dedinhos, pois vão ter vontade de comentar todos os posts...kkkkk

Na verdade nem sei por onde começar...

Dando uma geral o que já aconteceu por aqui? (depois falarei de cada assunto separadamente está bem??)

- Desfralde empacado
- Emily X Pneumonia (até internação teve...oooh good)
- Troca de Escola
- Aguardando vaga no CEI 
- Decisão da escola caso a vaga não saia
- Descoberta da inexistência de um umbigo na mãe dela
- E por ai vai...

Que tal finalizar a parte do desfralde??

Tudo começou muito lindo, Emily respondeu super bem ao nosso método. Até que a "belezura" de escola, onde ela ficava nada mais, nada menos que 7 horas resolveu dizer que “Mamãe, como ela ainda não tem 2 anos não iniciaremos o desfralde”. (Que belezinhaaa não é?). 

Foi o mesmo que “Mamãe sua filha já anda, mas como todas as crianças da idade dela ainda engatinha, não colaboraremos e insistiremos no engatinhar, está bem?”.

Até insisti em continuar em casa e tal. Mas como ela ficava a maioria do tempo na escola, foi a mesma coisa que nada. Como já estávamos em meados de Outubro/2012, achei que mudar de escola ou mudar a conduta iria bagunçar a cabeça dela. Então pisamos no freio drasticamente com o desfralde, pois teve o boato que em novembro teria uma certa "adaptação" com as crianças que iriam para o mini-maternal (como a Emily).

No final das contas, não houve adaptação nenhuma, o que teve mesmo, foi um verdadeiro show meu com direito a "holofotes" e tudo mais por telefone, pessoalmente e até mesmo na reunião de pais, quando tiveram a péssima ideia em me perguntar na frente de todos os pais: “A Emily não continuará conosco no ano que vem?”. Pediram, imploraram né??rsrsrs

Até tentaram concertar o prejuízo que causaram, pedindo para que a partir daquele dia, dariam continuidade ao meu trabalho de desfralde iniciado em casa, me passaram as medidas e tudo mais, como mais trocas de roupas, menor quantidade de fralda, mas até então, já tínhamos "pisado no freio" e teria de ser iniciado tudo novamente.

Resumo do Desfralde/ Como estamos hoje: ficamos estafados com o "tar" e agora estamos a passos de tartaruga. Ela está muito incomodada com o usar de fraldas, o que antes ela estava usando o "troninho" 80% das vezes, agora está a 60%. Mas estamos indo...

Agora em Fevereiro, começará as aulas na nova escola (outro assunto complicado e que ainda continua um enigma) e assim, acredito que nos ajudará bastante nessa questão. Pois agora, mudamos e muito o critério de escolha de escola...

Mas é assunto para o próximo post né?

Bjitooos da magrela (que até engordou um pouquinho..aeee). Uma excelente semana para nós!! 

 



4 comentários:

  1. Por partes....rs
    Menina, como assim vc não viha sempre aqui por causa disso? Taly do céu, eu te mato! rs
    Vc é uma MÃEZONA, leoa, coruja. A Mimi é MUITO sortuda de ter vc como mãe! E sempre teve, independente da maneira como a vida de vcs começou!!!!! Q é isso? hahaha falo merrrrrmo! rs

    Agora vamos ao post!
    Foi eu ou foi vc q escreveu agora sobre o desfralde???????????????? kkkkkkkkkkkkkkkk
    Taly por aqui ainda estamos na mesma q vc tb. Paramos. Na vdd eu parei! E aconteceu exatamente a mesma coisa no desfralde da escola q com a Mimi! Por elas serem de dezembro e tals, Anna tb ficou pro fim no desfralde da classe e olha q coisa, acabaram as aulas e ela nunca desfraldou lá como foi me dito q fariam e ainda me pediram pra desfralda-la nas ferias.
    Não rolou! Paciencia...rs

    Estamos na mesma. Nem tenho pressa tb q aconteça;;rs

    Mimi q gaaaata na foto meodeos! sou louca nessa bombom!

    Beijos em vcs

    ResponderExcluir
  2. Qndo vejo a Mimi me dá vontade de ter uma menininha.kkkkkk
    A sua história ser diferente só enriquece a blogosfera, não te diminui em nada, só mostra a guerreira e mãezona que vc é.

    ResponderExcluir
  3. Talvez você me ache uma estranha, pois é apenas a segunda vez que comento aqui, mas admiro muito você, sua família, sua história de vida.
    VOCÊ é a melhor mãe que DEUS poderia ter escolhido pra EMILY.
    Descansa nEle!
    Que fofura a pessoinha de óculos escuros. Só na pose! rsrs

    ResponderExcluir
  4. Admiro ! como mãe, mulher, guerreira, batalhadora, esposa, mãe da minha afilhada virtual que amoo de todo coração Mimi ! .....Todas as benção que vem recebendo é consequência de todo esforço noites em claro e muito amor no que faz.....Muitas Sorte na sua novaaa e fresquinha etapa da sua vida..........to com vc p/ que der e vier ... muitos beijos

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.