21 de nov de 2012

O desfralde estava indo tão bem até que....

... a escola pediu para eu parar de estimular o desfralde...acreditam?? "Oh Jéss"

Vamos voltar um pouquinho..rs

Assim que a Mimi completou 1 aninho, passamos a contar com mais um utensílio no nosso banheiro: o famoso "troninho", pelo menos é assim que a Mimi chama o tal. Até escrevi um post sobre isso 1º Xixi no peniquinho, mas já??
 

E qual foi a técnica??

E não é que aquelas técnicas que contei a vocês foram as que deram certo?? Foram 2: ambas com muitas comemorações, festa e despedidas..rs 

  •  1º Técnica: Mamãe vai no banheiro e ela vai também, cada uma no seu troninho (ela fica toda, toda). Não tiramos a fralda dela, nem nada, só para ela associar o ato de ir ao banheiro. Nos levantamos cada uma de seus aposentos, abaixamos as tampas e apertamos a descarga de água, no caso dela, apertamos o focinho da ursinha que toca musiquinha e pronto.


A 1º técnica até tinha 02 variações, mas devemos desconsiderar essa 1º variação quando a pequena não é tão pequena mais, a Emily por exemplo, acha muito curioso o xixi caindo no vaso sanitário quando o pai dela lá está e fica doida pra colocar a mão...kkkkkk

- 1º variação - Quando papai vai ao banheiro, também fazemos o mesmo processo, mas cada um de sua maneira claro, com o intuito de ela entender as diferenças entre o homem e a mulher, homem faz xixi de pé e mulher sentada (vai saber se ela entende ou não, mas valeu a intenção...rs)

- 2º variação - Todo dia antes de tomar banho, ela que já toma banho em pé como uma mocinha mesmo..rs, tiramos a roupa e antes de entrar no box, ela vai para o troninho, como todo dia é a mesma coisa, enquanto eu tiro a roupa dela, ela já começa "té cici?" e lá vamos nós, agora sem fralda para o troninho/pinico, depois abaixamos a tampa e apertamos o focinho da ursinho e bora pro banho

  •  2º Técnica: Todas as vezes que ela faz cocô, trocamos ela e depois de fraldinha limpinha, levamos o cocô para o vaso sanitário juntas e jogamos o cocô da fralda no vaso, (AGORA VOCÊS ENTENDERÃO O POR QUE DAS DESPEDIDAS...rs).


E assim foi acontecendo, e nós sem pegar firme no desfralde deixamos rolar naturalmente. 

Até que fui na farmácia comprar fraldas "Quero 3 pacotes de XG". Ai parei pra pensar, caracaa XG?? E depois disso? Em questão de classificação de fraldas não se tem muitas opções adiante né? Será que não está na hora de pegar firme no desfralde? (Cá pra nós, meu bolso agradeceria também..rsrsrs)

Então com 1 ano e 7 meses, passei a perguntar mais vezes se ela queria fazer xixi no troninho e pedi pra ela me avisar quando quisesse. Acho que eu falava tanto, que quando eu começava "Mimi quando quiser fazer xixi ou cocô você fala, mamãe xixi/cocô no troninho" que antes de eu chegar no final da frase ela terminava de falar comigo..kkkkk

E para minha surpresa ela foi que foi, até confesso que não foi difícil. Então, a ousada aqui resolveu evoluir um pouquinho mais e passei a deixar ela sem fralda na parte da manhã em casa, já que as 12h ela vai pra escolinha e sempre perguntando se ela queria fazer xixi/cocô..blá, blá, blá

Bingo!! Deu certo...uhuuu!!!!

Claro, de cada 10 vezes, 1 vez ela fazia nas calças. Ai com paciência, explicava, trocava e bora lá novamente...

E a abusada aqui, quis fazer uma experiência pra lá de arriscada, sair de casa com a bonequinha sem fralda, será??? 

E lá fomos nós, pegar elevador, ir até o carro, chegar até a escola sem fralda. Foi muito divertido..kkkk. Só para variar nós atrasadas, corremos para o elevador e a Mimi logo colocou a mão e falou "Mamãe, xixi??", eu não sabia se ela estava estranhando estar sem fralda ou se queria fazer xixi. Eu tinha que ser rápida na decisão, pois se voltasse pra casa ficaríamos mais que atrasadas e se fossemos adiante poderia rolar um xixi no elevador. Optei por ir adiante e para nossa alegria ela não fez xixi nenhum e foi bonitinha sem fralda para a escola.
Foi uma verdadeira festa. Até uma tia da escola falou "Ah que linda Emily, parabéns. Do jeito que você é esperta nem vai demorar pra ficar totalmente sem fralda".

Eu a mamãe toda orgulhosa, resolveu ligar na escola pra saber como foi, se ela pediu pra fazer xixi no troninho da escola e tal e sabem o que escutei?? "Olha mãe, assim que ela chegou já coloquei fralda nela, pois essa fase é somente no Mini Maternal, isto é, somente com 2 anos".

Fiquei tão pasma que fiquei sem reação, mas foi brochante!!! Poxa gente, fizemos um trabalho juntas tão legal, ficamos a manhã toda sem fralda, nos aventuramos e tal para chegar na escola e sem tentativa alguma colocaram fralda nela?

Concordo que não podem parar para dar atenção para uma criança, mas devem respeitar a individualidade de cada criança.

De todas as dificuldades que imaginei enfrentar com o desfralde, jamais imaginei que o grande problema seria a escola.

Enfim, não parei com o desfralde, continuamos. Mas ai vieram os problemas...

Ela passou a pedir para fazer xixi no troninho para as tias na escola e elas não levavam e ainda falavam "Olhe a Emily pediu para fazer xixi mas não podemos levar ao banheiro, pois ela não está no mini maternal ainda". 

Passou a vir pra casa, roupas dela molhadas com xixi pois ela pediu pra fazer xixi no troninho, ao não ser levada, tirava a fralda e fazia xixi aonde estivesse.

E ainda escutei assim: "Olha mãe pare de ensinar a Emily o desfralde, pois VOCÊ está bagunçando a cabecinha dela. Na verdade o ideal seria ela estar no Mini Maternal, pois ela é adiantada, mas fazer o que agora né?"

Gente, juro que não fiquei de braços cruzados. Fui falar com a dona da escola que foi minha professora na pré-escola e ela me falou que como se aproximava do final do ano, a coordenadora passaria fazer período de adaptação com as crianças que vão para o mini maternal e já iniciaria o desfralde. 

Então fiquei diante das seguintes opções:

- Transferir ela agora para o Mini Maternal:  mas seria necessário comprar material para ela acompanhar as crianças, mas mesmo assim, poderia ser muito confuso a ela isso tudo de repente.

- Trocá-la de escola: há 2 meses de acabar o ano? (foi em outubro), também poderia confundir ainda mais a cabecinha dela.

- Aguardar 01 mês para que o desfralde inicie na escola?

Eu acho tudo isso um absurdo, isso tudo por que estamos falando de uma escola particular.  E pasmem, na escola pública o desfralde já se inicia aos 18 meses (1 ano e 6 meses), que inversão de valores né?.

Infelizmente entre essas opções, o menos prejudicial para a Mimi, seria aguardar esse 01 mês, mesmo que para isso eu teria de "pisar no freio" quanto ao desfralde em casa. 

Só que, já estamos exatamente há 1 mês do fim das aulas (21/12) e nada de adaptação, desfralde começou até o momento.

Agora adivinhem só o cirquê que vou fazer na reunião de pais que já estou sabendo que terá dentro de poucos dias?.

E a responsável pelo período da tarde ficou sabendo que eu iria gravar o programa "Papo de Mãe" sobre desfralde e teve a "pachorra" de me perguntar depois "Como foi o programa? E você falou sobre nós?"...Arrrrrrgh

Estou odiando o fato de ficar de mãos atadas, sem ter muito o que fazer. Só espero mesmo que essa adaptação aconteça, pois ano que vem ela irá para o CEI, onde:

- É estimulado o desfralde com 1 ano e 6 meses X e não só depois de 2 anos

- São pedagogas X e não cuidadoras de crianças sem estudo nenhum

- Estrutura excelente X ao contrário da escolinha que ela está agora

E o CEI não aceita crianças com 2 anos ainda na fralda. Elas vão ter que mostrar que são de circo e vão se virar para correr atrás desse tempo perdido do desfralde da Mimi. 

No programa "Papo de Mãe" que gravamos e abordamos esse assunto, mas e e nem mesmo a médica e o psicanalista que estavam presentes souberam dar uma solução para o meu problema a não ser essa opção que escolhi, esperar a tal adaptação acontecer.

Então tá né??

Alguém tem uma ideia para eu solucionar esse perrengue??
E você começaram o desfralde? Como tem sido?


 




7 comentários:

  1. Olá Taly.
    Aqui o trio desfraldou com 2 anos e 8 meses, eu também tentei com 1 e 8 e não deu certo no meu caso o trio só fica comigo, mas na minha cidade só existe 1 opção de maternal a escola publica, pelo que minhas amigas dizem o desfralde começa definitivamente aos 2 anos, no entanto quando alguma criança mais nova mostra interesse ela é adaptada em outra sala, creio que se a adaptação for bem feita a criança não traumatiza afinal a vida é cheia de mudanças e ela vei entender que já é uma mocinha hehehe.
    bejus

    ResponderExcluir
  2. po´s é Taly aqui é bem assim a creche da prefeitura é mais atrazada ainda pois só tira com 2 anoe e meio o Henrique só vai sair em janeiro quando for pro maternal 1 e isso ataza muito né que estranho o modo dels né nossa aqui me atrazou demais no fim de semana era sem fraldas na semana era com fraldas desisti é muito confuso pra eles mesm0

    ResponderExcluir
  3. Se faltam só dois meses não dá para deixar ela com vc? Ou um parente?
    Eu acho o máximo ela ter entendido tudo direitinho, você foi ótima ensinando?
    Desculpa a falta de delicadeza, mas que escola é essa que não pode levar uma criança dois minutinhos no banheiro e devolve ela toda cheia de xixi? EU FICARIA FORA DE MIM se fosse comigo.
    Bjo
    Mariana

    ResponderExcluir
  4. Sou professora de bebês e fiquei chocada com seu relato. Esta escola é ridícula. Trabalho numa Creche Municipal em Mesquita - RJ e aqui trabalhamos o desfralde em conjunto com as familias,elas começam o processo em casa e nós damos continuidade na creche. Penso que é não é possível estipular uma idade para desfraldar as crianças em bloco, pois cada uma tem sua particularidade e cada uma fica pronta num momento diferente, apesar do processo de desfralde acontecer numa faixa específica do desenvolvimento que pode ir aproximadamente dos 1 ano e 8 meses até os 04 anos.
    Fiquei incomodada quando vc colocou que na creche particular o desfralde começava aos 02 anos enquanto que na pública aos 1 ano e 08 e sinalizava este fato como inversão de valores. Infelizmente nossos governantes estão acabando com a educação pública e privatizando-a, mas esta educação deveria ser a educação de referência, como tentamos fazer em nosso município. Nossos profissionais são qualificados, eu por exemplo, sou Pedagoga, tenho uma especialização e estou às portas de cursar um mestrado e trabalho por opção na educação pública com a intenção de atender da melhor forma possível as crianças que passam por minhas mãos e fazer que meu serviço não fique aquém de nenhuma escola dita de ponta a apesar das dificuldades como falta de investimento financeiro no setor. Existem pessoas nas creches públicas, mais comprometidas e mais sensíveis às crianças do que na creche em que sua filha estuda, por exemplo.
    Infelizmente diante do seu impasse atual, penso que não há muito o que fazer, mas antes de escolher uma creche tente conhecer sua proposta pedagógica, que concepções tem de educação, de infancia, e se se relaciona com as crianças livremente ou de forma rígida e tradicional.

    ResponderExcluir
  5. Oi querida!! Gosto muito de ler o seu blog, mas confesso que me emociono ao ver as fotos da sua boneca, QUE MENINA LINDA!!!!!!
    Que Deus te abençõe e te cubra de saúde para cuidar dessa herança dele. Estou grávida de 12 semanas e sempre quis uma menina, mas ainda não sabemos o sexo e o maior desejo é que venha saudável e abençoado pois sendo menino ou menina iremos amar do mesmo jeito. Todas as vezes que olho a sua filha imagino como será o meu bebê, pois também sou negra e meu marido é mestiço. E a sua filha é uma mistura perfeita, Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Taly primeiro de tudo que história é essa? todas as escolas de ensino infantil TEM que ter pedagogas ou pelo menos que estejam na Faculdade fazendo Pedagogia ou Letras procure se informar melhor em relação a isto, por que esta escola está totalmente irregular.Não sei se vc sabe mas estou prestando vestibular pra pedagogia(se deus quiser vou passar)e quando eu morava em Sp me lembro de procurar emprego em escolinha e não me aceitaram justamente por não estar nem matriculada na Faculdade de Pedagogia.
    2º Já que haverá a reunião você aproveita para descer a lenha sobre a questão do desfralde. A maioria das escolas iniciam o desfralde quando os pais pedem ou então com a idade que vc falou 1 ano e 6 meses lembro dos pequenos que eu cuidava( que iam meio período para a escolinha)que a professora e a auxiliar de classe tiraram assim que foi pedido para elas, mas cada escola é uma escola.
    Se você fez um excelente trabalho até agora por que parar?
    ela fica pouco tempo na escola,não fica o dia todo então continue com o processo qualquer coisa dê uma desacelerada mas NÃO PARE!
    Ainda mais se o CEI só aceita crianças já desfraldadas.
    Vai dar tudo certo e o próximo ano ela estará numa escola melhor estruturada vc ficará mais tranquila.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. nossa, adorei seu blog, to seguindo... comecei um hj, estou gestante de 20 semanas, espero muito aprender várias coisas contigo, beijãoo

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.