19 de jul de 2012

Saúde não tem preço!!!!


Olha eu por aqui novamente e com um assunto pra lá de importante: saúde...

Quem não se lembra por tudo que passei? Foi uma bela (nem tão bela) de uma grande surpresa com a minha saúde após o nascimento da Emily.

E depois do que aconteceu, parte dos meus interesses foi direcionado a isso, claro!! Desde então, muitas descobertas foram feitas: Programas, benefícios do Governo Federal que existem já há algum tempo para meu, seu benefício. Às vezes nem sempre para nosso próprio benefício, mas para nossos pequetuchos, nossos pais, avós.

Então pensei: “Por que não falar sobre isso?”.

Assim, diferente dos meus outros post’s quero falar em especial de um Programa do Ministério da Saúde, chamado “Saúde Não Tem Preço”, até por que nesse ano a asma passou a fazer parte desse programa.
Então vamos lá?

  • Afinal, do que se trata o programa “Saúde Não Tem Preço”

Como já adiantei acima, é um programa da Farmácia Popular do Governo Federal, criado em fevereiro/2011. Onde são oferecidos 14 remédios de graça para portadores de doenças crônicas como: hipertensão, diabetes e, desde 04/junho/2012, a asma. 


Desde a criação desse programa, 10 milhões de pessoas já estão vivendo dias melhores.

 Pasmem!!!
Em 14 dias, desde a inclusão de asma no programa, mais de 31 mil pessoas retiraram remédios
antiasmáticos de graça nas farmácias populares.

  • E qual é o benefício para o governo com esse programa?


Além de melhorar a qualidade de vida das pessoas, o programa resulta em economia de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), uma vez que, desde seu lançamento, o número de internações por conta de diabetes e de hipertensão diminuiu. Em 2011, foram menos 8,4 mil internações por causa da hipertensão e 2,7 mil a menos por causa da diabetes.


  • Como participar do programa “Saúde Não Tem Preço”?

A obtenção dos medicamentos de graça é feita nas farmácias da rede “Aqui Tem Farmácia Popular”. São mais de 20 mil farmácias em mais de 3.200 municípios.

Para retirar os remédios de graça, o interessado deve procurar as farmácias e drogarias privadas credenciadas ou a rede de Farmácia Popular e apresentar o CPF próprio, receita médica válida e documento com foto.



  • No facebook...
Para saber mais, acesse o Facebook do Ministério da Saúde. E por que não divulgar, compartilhar?



Vejam o vídeo da campanha:

2 comentários:

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.