31 de out de 2011

Fim do relacionamento da Emily X Cercadinho

A paixão da Emily com o cercadinho dela parecia coisa de novela mexicana. Aliás foi dentro dele que ela aprendeu a:

- se sentar sozinha sem cair dos lados
- se levantar
- ficar em pé e depois a ficar em pé se segurando apenas com uma mão
- levar vários tombos dos mais diferentes possíveis e rir com cada um deles
- arriscar ultrapassagens de uma lateral para a outra
- enfim, brincava, andava, caia, comia, perdia as bolachas dela e depois procurava e comia os pedaços achados, roubava nosso almoço ou jantar. Ficava mais tempo nele do que em qualquer outro lugar..

Fala se é uma paixão de novela mexicana???rsrsrs...
 
Mas chegou o fim desse relacionamento: Emily x Cercadinho. Querem saber o pivô dessa separação? Nem ela sabe, acho que ela tem se sentido sufocada, ela está na fase de ampliar os seus horizontes. Se ela falasse ela diria ao cercadinho "o problema é comigo e não com você"..rsrsrs

Agora que a Emily deixou de "ensapinhar" e passou a engatinhar, pra falar a verdade já vai fazer ou já fez 1 mês que ela deixou de ensapinhar.

Ensapinhando
Engatinhando
E agora ela está se sentindo "A" independente, ela engatinha e anda se agarrando em tudo pela casa toda. E acham que ela vai atrás da mamãe ou do papai? Que nada, ela vai embora e nem dá bola pra nós..rs.

E assim, chega o fim do relacionamento deles e sabe como percebi? Se colocasse ela no cercadinho era choro. Colocava ela no chão, era silêncio e aquele silêncio preocupante.

  • Primeiro prejuízo do lar pós maternidade (Emily)
E foi em um desses silêncios que quando olho, a réplica do meu buquê de casamento, dvd's, estava tudo no chão. Graças a Deus olhei bem no momento que ela acabava de quebrar um copo de dose de whisky que tenho de enfeite no meu home theater.

Corri pra recolher tudo, graças a Deus tudo bem, troquei de lugar o kit de doses. Mas o próximo silêncio foi rompido com a Emily com mais um copo na mão (não me pergunte como ela foi tão rápida) e batendo na quina no home theater bem para quebrar mesmo sabe??

O terrorismo está em alta aqui em casa com a bonequinha solta pelo apertamento. É um agarra-agarra  que só e cada dia que passa ela está mais rápida..rs

    

E a mamãe aqui cada dia mais apaixonada, com um sentimento que cresce e cresce. Ai não dá pra resistir e é mordida na bunda preta, ataques de beijos e mais beijos, além das declarações de amor né? (como se ela se entendesse alguma coisa né?rsrs)...

E assim está a danadinha que tanto amo, evoluindo e cada dia mais independente, olha esse vídeo, ela até me ignora...

Ah, e no sábado (29/out/11), ela deu seu 1º passinho, sem ninguém segurar, coisa mais linda. Parabéns filhota, a mamãe está muito orgulhosa de você!!

O próximo passo é arrumar uma forma de tirar as coisas que quebram e ensiná-la onde não é para mexer. 

Não gosto dessa coisa de tirar tudo do lugar ao invés de ensinar e dar limites, pois quando for na casa de algum amigo que não tem filhos, não será possível tirar tudo do lugar e ai ficaremos em uma situação chata né?

Mas como fazer isso é a questão, vocês tem alguma ideia? As mamães que já passaram dessa fase ou que estão passando. Preciso de verdade uma forma de ensinar a ela que “não é não”, pois quando falo “Emily não pode por que machuca”, sabem o que ela faz? Faz que não com o dedinho pra mim e continua mexendo...aff..

Ai corro pra virar o rosto a tempo de ela não ver que estou rindo como uma doida..rsrs

Me mandem como estão lidando, como lidaram ou dicas de como lidar com isso..

Uma excelente semana pra vocês e torçam pra bombonzinha melhorar, devido a nova fase de chão está gripadinha, faz parte né?
 
Uma excelentíssima semana a vocês

4 comentários:

  1. Oi amiga a emyli está cada dia mais fofa e evoluindo, isso é bom, é sinal de saúde.
    Qnt a dar limites, com certeza isso é muito importante, pq é como vc falou, quando chegamos nas casas alheias, ninguém vai sair tirando seus objetos.
    Olha, uma dica é fazer o que vc já faz, quando ela for pegar em algo q ñ é para pegar, vc abaixa-se na altura dela e com com em bom tom você diz NÃO, NÃO, tem q ser em tom forte, grosso, para que ela entenda q não, é não. olha, no início pode parecer não funcionar, mas, no fim dará tudo certo. Vc vai ver.
    Eu sei pq já trabalhei em creches e era assim q ensinávamos os bbs por lá.
    bjokas e parabéns pela bombomzinha, tá linda, um gute, gute.

    ResponderExcluir
  2. Heheheh, que sapecaaaa. Ela é muito rápida né, Taly....

    Agora o caso de amor dela é com o chão, ela quer explorar tudinho!

    Muito esperta essa Emily!!!

    Muitos beijos!!

    ResponderExcluir
  3. kkkkk tambem preciso dessas dicas, porque aqui não demora muito para o pequeno começar a colocar terror que nem a Emyli anda fazendo por ai! rsrsr Vamos combinar, que apesar dela fazer vcs correrem por aí, ela tá linda demais né!! Quanta belezura!!! Beijos em vc e nela! Boa semana!

    ResponderExcluir
  4. Que sapeca!!! Coisa mais linda essa Emily toda espoleta..rsrs. Olha, qto as dicas, eu não as tenho ainda. Mas concordo plenamente com vc. Vou ficar observando aqui, pra aprender um pouco mais. Bjsss

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.