12 de jul de 2011

O que é ser pai?


 
Depois de quase 1 ano de promessa que seria de voltar aqui mais vezes para publicar mais post's. E depois das minhas aparições aqui pra dar notícias tristes e preocupantes sobre minha maravilhosa esposinha..rs..(há, aproveito para agradecer a força e colaboração de todas), aqui estou para contar sobre sobre as minhas maravilhosas aventuras como pai.

Por esses dias eu li a seguinte frase "O atual perfil da figura paterna, desenhado nas últimas décadas, não lembra em nada aquele modelo autoritário e ausente do passado".

E eu fico super feliz em fazer parte deste novo perfil de pai. Após o ganho da paternidade eu ganhei junto a isso, um sensor que faz com que eu desperte todas (ou quase todas) as madrugadas ao mínimo ruído, vindo do quarto ao lado, da maravilhosa criatura que um dia me chamará de "papai".

Pra falar a verdade, desde sempre quis ser pai, mas não sabia que seria tão especial quanto é hoje. Claro, papai do céu me presenteou com uma mãe maravilhosa para minha filha, o que ajudou muito para que o amor que eu tenho como pai seja assim, tão grande e maravilhoso.

Hoje possuo habilidades que eu nunca pensaria em ter como: 

- preparar uma mamadeira
- conferir se a mamadeira preparada pela mamãe está na temperatura certa (a pretinha fica furiosa)
- descongelar a papinha em banho-maria
- trocar uma fralda (inclusive as de cocô..rs)
- fazer ninar (lembrando que na maioria das vezes ela dorme no meu peito, ela adora..rs)
- contar estórias com entusiasmo
- ajudar a escolher roupas para sair (o que deixa a pretinha revoltada com as minhas contradições)
- assistir galinha pintadinha ao invés do esporte espetacular aos domingos
- perder a melhor parte do filme pra tirar a bombonzinha do banho
- suportar o choro dela como se fosse a melhor música do mundo
- passear pelas lojas e lembrar na bombonzinha em tempo integral
- pensar nela o dia inteiro, e driblar a ansiedade de passar logo o dia para chegar em casa o quanto antes e poder  curtir ela um pouquinho. E ai é a parte complicada, a pretinha também quer curtir ela e ai é uma verdadeira competição..rs, nós dois queremos brincar, trocar, fazer dormir...rsrsrs

Mas confesso que no quesito "dar papinha", ainda estou em treinamento, mas sou esforçado, provavelmente no próximo post estarei mais habilidoso...rs

E em troca de tudo (ou só) isso, receber um lindo sorriso banguelo, um olhar sincero e um entusiasmo com a nossa chegada do serviço.

O que eu tenho de lição com a paternidade é que aprendi a não ser uma pessoa egoísta e a olhar para a vida e as pessoas de forma mais solidária, o que traz para mim um amadurecimento enorme e assim, posso olhar pra dentro de mim mesmo e notar que eu nada era dessa experiência.

Em um próximo post (que não vou demorar muito...assim espero..rs) quero falar o quanto a experiência de ser pai nos impulsiona na vida profissional, nos trazendo mais vontade e forças para encarar as barreiras, dificuldades do dia a dia...

É isso ai mamães, adorei participar um pouco do blogsfera, dessa importante ferramenta que é 
constante e importante na vida da pretinha.



12 comentários:

  1. Parabens! Que Deus vos abençoe poderosamente.
    Grande abraço papai........
    A bombomzinha tá lindaaaaaaaaaaaa!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo depoimento.Parabéns e isso realmente é ser pai!

    abraços,chica

    ResponderExcluir
  3. aiii qdo essa bombom começar a falar..... estes 3 vão ter q cronometrar um tempo pra cada um!!!hahaha mto bom papaizão, vc tá fazendo direitinho! to de olho em vc!! logo logo faço outra visita pra conferir o progresso do papai!hahaha bjkas pros 3!

    ResponderExcluir
  4. Que fofo ! Muito legal ver esta sintonia papai-mamãe-blogsfera.
    Aqui, mesmo sem conhecer pessoalmente torcemos, vibramos e comemoramos as conquistas das famílias envolvidas nos blogs que seguimos.
    Parece loucura né? Mas sentimos saudades de noticias, quando alguém demora postar.

    grandes beijos a esta família maravilhosa !

    ResponderExcluir
  5. Adorei o post!!!
    Cruzo os dedos para o Papai aqui de casa se dedicar desse jeito. Me parece impossivel ele trocar o Globo esporte por galinha pintadinha. Vc realmente esta de Parabens.
    Grande bjo para a familia.
    Ligia
    www.nanamamaenana.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. que paizão hein,parabens...um filho muda muito a vida do casal não é só a mãe o pai tbm é transformado..então sobre a escolinha estou pagando r$ 240,00 é barato pq as outras é em media acima de R$ 300,00,escolhi essa pq é perto da minha casa n preciso pagar perua.mas fico com o coração na mão´,é melhor deixar a Emily com a vovó pelo menos até ela ficar maiorzinha,se tivesse algum parente tbm iria deixar.bjs vivi
    Taly n sei o q ta acontecendo só consigo deixar recado como anônimo...

    ResponderExcluir
  7. Adoreei o post, uma declaração de amor do papai!! Parabéns ;*

    ResponderExcluir
  8. Oiê;
    esta tendo uma MEGA promoção para inaugurar a minha nova marca.. ^^
    Vai lá??
    'xero' beeem grande.

    ResponderExcluir
  9. q lindo!!! fiquei emocionada!!!! parabens ao papai! bjs

    ResponderExcluir
  10. Taly parabéns pela maravilhosa fámilia,que Deus ilumine vocês cada dia mais.A Emily está cada dia mais linda.

    ResponderExcluir
  11. Que gracinha de post! Tenho sorte, meu marido tb é um paizão!! que vcs sirvam de exemplo para outros papais menos atuantes!!!

    ResponderExcluir
  12. Que lindo post.....
    Hj maridão mudou a frase do perfil do orkut e deixou assim "Papai" eu quase chorei quando li, achei lindo a atitude dele !!!

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.