24 de jun de 2011

24 horas dá?

Esse foi um dos temas debatidos ontem no 3º Seminário da Crescer que fui convidada. Ontem???? Não, não, na verdade foi na 2º feira, mas quem disse que consigo parar pra escrever..

2º feira - devido o seminário perdi o 1º turno de serviço, então tive que correr atrás dos serviços atrasados..rs..
3º feira - fiquei em casa com a bombomzinha, eis o problema, a nova moda dela é gritar (literalmente), fingir que está chorando quando não olha pra ela..rs..e não basta olhar, tem que conversar (será que ela é exigente?). Comecei a escrever e parei diversas vezes, e no final do dia só tinha conseguido escrever uma única linha...chega a noite ela dorme, mas o marido chega e claro, quer uma atenção...
4º feira - comeceeei a escrever esse post, mas nada de conseguir terminar.
5º feira - feriadão, cheia de compromissos, além de ajeitar a casa com o marido, ficar, dar banho, ajeitar a bolsa da Emily..ufaaa

É ai que decido o título do post: 24 horas dá?

Com plena certeza 99% (pelo menos) das mamães tem essa resposta na ponta da lingua: NÃO. E quero muito ter uma conversa com o restante (1% - isso se existe) por que para mim, deveria existir pelo menos 48 horas...

Pior de não ter tempo, é a culpa que vem junto...(assunto também discutido no Seminário da Crescer)...

Culpa por não conseguir ser a melhor mãe, melhor esposa, melhor amiga, melhor profissional e ai nos perguntamos o que podemos fazer?

Além do mais, as mães não pararão de trabalhar e nem ao menos pararão de ser mães, sendo assim, a sociedade terá de criar uma solução para essa situação, assim disse a Maria Cristina Poli (jornalista) e eu concordo plenamente..

Saí do Seminário cheia de soluções e pensamento distintos, principalmente após escutar da Cecília Troiano (psicóloga) dizer que deve-se deixar de lado o mito do perfeccionismo. Dá para ser boa mãe, boa esposa, boa profissional, mas não se quisermos tirar nota 10 em tudo, se contentar-nos com nota 8 , conseguiremos ser feliz e as pessoas que estão ao nosso redor também. Será?

E desde 2º feira, adotei esses e outros métodos e pensamentos para dar conta de tudo...e quantas coisas temos para dar conta né?

Só cometi um pequeno erro...como se não bastasse a correria e muita coisa a se fazer, ontem arrumei mais uma sarna pra me coçar, comprei agulha e lã para fazer um cachecol pra mim...kkkkkkk...o pior é que não é brincadeira..rs..

Mas já programei tudo, vou fazer o cachecol entre idas e vindas do serviço, talvez no inverno de 2012 esteja pronto o cachecol..kkkk, essa foi a piada que a Naara Villela fez quando publiquei no mural do Facebook
que tinha comprado a agulha..rsrs

Há, e mais...baixei o livro "Encantadora de Bebês", até eu dou risada de mim mesma....é muita loucura, pra eu arrumar mais coisas a serem feitas para a loucura ficar pior..rs

Mas afinal o que aconteceu nesse 3º Seminário da Crescer?

O Seminário aconteceu no luxuoso Hotel Renaissance (e coloca luxo nisso), acordei animadíssima, nem parecia 2º feira...rs
Teve dois painéis:

Família Geek. Mediado por Marcelo Tas, que foi discutido sobre influência que a tecnologia exerce sobre as famílias. Esteve presente para a discussão: Paulo Zulu (ator e modelo), Beth Carmona (educadora), Saulo Ribas (diretor de entretenimentos) e Teresa Ruas (Terapêuta Ocupacional).



Foi bacana, absorver soluções de problemas que ainda não são meus, frizando bem, AINDA...e o mais bacana ver a forma que cada pessoa vê o mesmo assunto. Levantou vários questionamentos, como por exemplo, como a Emily verá o fato de falar sobre o cotidiano dela, com fotos e tudo mais?É algo de se pensar né?

E adorei ter aparecido no vídeo..rs..eu estava tão empolgada conversando com a Silvia e Michele que nem vi, os câmeras filmando...rs

E o 2º painel:

- 24 horas é muito pouco. Com tantas tarefas, 24 horas é muito pouco mesmo. Além da correria do dia a dia, a jornalista Maria Cristina Poli, mediadora da mesa de debate, a jornalista Sandra Annenberg, a psicóloga Cecília Troiano, a atriz Denise Fraga e o cineasta Cao Hamburguer falaram sobre culpa, divisão de tarefas e busca pela perfeição. 





Esse painel me identifiquei totalmente...e é isso que eu estava falando até então. Família, trabalho, Emily, casa, marido, blog, além das minhas invenções: cachecol, livros...kkk...

Foi muito proveitoso cada minuto do Seminário..

Ainda mais que tive a oportunidade de estar ao lado da minha amiga Silvia Morioka (a conheci no Baby Center e acabou virando uma grande amiga). E tive a grande oportunidade de conhecer a Michele Mesnik (Coaching e Consulting), muito bacana a profissão dela, tem como objetivo traçar um plano de ação para conciliar a maternidade e a profissão das mamães, mas para eu não falar besteira, convidei e convidarei novamente para ela escreva um post aqui pra nós...

Assim, ela poderá falar sobre um tema (que muito interessa): maternidade x trabalho. Tomare que ela aceite.

Há, claro que levei a câmera a tira colo e...

3ºSeminário da Crescer #semináriocrescer

Mais vídeos e detalhes, entrem no site da Crescer 

Ufaa, nem acredito que estou conseguindo terminar esse post (que estou tentando desde 2ºfeira)..rs
Parabéns pra mim...rs

9 comentários:

  1. Legal.
    Só Deus mesmo pra nos fazer ganhar nota 10 em tudo kkkkkkkkkk.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. É elas são bem espertinhas mesmo temos que ter o dia com 48 horas ...24 só pra elas rsr mas é mto gostoso qdo elas querem nossa atenção e quando damos elas se acalmam me sinto uma heroina...bjus Taly e Emily.
    Ah parabéns ...apareceu em destaque no video rsr

    Regina
    http://rainha73.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. ah que show, amei ficar por "dentro" do seminário!!!
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Taly adorei a postagem,realmente é muito difícil conciliar tudo , filhos, casa, trabalho ministerio é necessario mais de 24 hs parece que sempre esta faltando algo no final do dia, mas Deus sempre nos abençoa em tudo, e a você com certeza vai abençoar,,admiro você...beijos.

    ResponderExcluir
  5. Taly,amei a postagem!Eu me culpo todos os dias por não dar conta de fazer tudo que eu queria em 24 horas,praticamentre durmo frustrada todos os dias,por ter deixado um copo sujo na pia ou uma roupa no varal...
    Espero um dia deixar essa culpa de lado e curtir mais essa missão de ser MAE!

    ResponderExcluir
  6. Lindinhaa, o sorteio não é no meu blog não, é no blog da Ana..Vou te passar o link...Bjs

    ResponderExcluir
  7. Tali, estou contigo: 24 ñ dá kkk
    Saudades de vir aqui.
    Muito obrigada por contar aqui destas super palestras com ótimos temas. Q sortuda vc poder e valeu por compartilhar isso pq é muito útil e faz um bem imenso para nós mamaes.
    Ah, vc atraiu as cameras heins! Vai ficar famosa.
    Ah, provavelmente vou para sp no fim de semana e minha irma mora na zona leste. Onde vc mora Tali? Será q dá para nos vermos?

    tem sorteio no blog, participe!
    bjosss

    ResponderExcluir
  8. Oie! A pedidos, apareci! Tava enrolando, mas vc e a Di me cobraram, daí criei forças pra postar!!!
    Que super esse seminário. Deve ter sido muito bom mesmo. Anda não li direito o post, to correndo agora, mas dei uma "escaneada" aqui e gostei! Bjão!

    ResponderExcluir
  9. Sabe q tb já pensei nisso de como o Pedri vai reagir com a vida documentada no blog. Ainda mais com a história da mãe dele ser bipolar...

    ResponderExcluir

4 anos de blog? Uau!! Já fui tentante, já estive gravidinha e hoje mamãe da Emily que já está com seus 3 anos. Já fomos Mamãe de Primeira Viagem 2010, já fomos Dona Mocinha. E hoje somos o que VOCÊ preferir.
Seja bem vindo ao nosso mundo de muitos aprendizados e fique a vontade para comentar.
Te aguardamos!!

Os artigos desse blog são de direito reservado.
Sua reprodução, parcial ou total, mesmo citando nossos links, é proibida sem a autorização do autor.
Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal. – Lei n° 9.610-98 sobre os Direitos Autorais.